As palavras são feiticeiras

As palavras são feiticeiras

As palavras são feiticeiras: ora aproximam, ora afastam. Podem revelar ou encobrir. No fundo, no fundo, construímos o mundo ao dizê-lo e talvez não exista mesmo nada fora desse dizer. Daí vem o poder que as palavras têm de aprisionar ou libertar. De ferir, de machucar, tantas vezes mais do que qualquer gesto. Encantar o cotidiano é enfeitá-lo de poesia, de palavras-luzes. Espiritualizar a vida é usar a força do dizer para tirar dos cantinhos sombrios, dos desvãos das escadas, dos becos escuros, tudo que é belo, bom e capaz de ressignificar o que somos, o que vemos.

Share this post